Pular para o conteúdo

Jeff Bezos X Maslow: Liderança, Motivação e Engajamento na Crise

Jeff Bezos, Fundador da Amazon, em sua carta aberta aos “Amazonianos”, como são chamados os colaboradores da Amazon, traz insights sobre como conduzir uma organização global na crise.

Num momento de tantas incertezas, caos, estresse, ansiedade, Jeff Bezos reconhece a incerteza e gravidade do problema, bem como o papel fundamental da companhia e de todos que estão na linha de frente. Relata também que não só ele, mas que a sociedade, governos, pessoas importantes estão reconhecendo o trabalho dos “Amazonianos”.

Lembrando da pirâmide de Maslow, Bezos motiva seu time por uma necessidade de nível superior da pirâmide: Auto-Estima (Realização, Reconhecimento, Respeito, etc), veja a figura abaixo:

Bezos informa na carta que vai expandir a operação, contratando novas pessoas e aumentando o salário da equipe dessa frente nesse período, mesmo nesse instante em que a economia está contraindo.

Mas você pode estar se perguntando: Quem vai querer arriscar a vida nesse momento para fazer as entregas?

Voltando a pirâmide de Maslow: Segurança, depois de se alimentação e sono, é o segundo nível de necessidade do ser humano, uma necessidade básica, portanto.

O Fundador da Amazon deixa claro que está adotando medidas de segurança e adquirindo EPI´s, como as máscaras, visando dar segurança para sua equipe e aos novos contratados, além de dar segurança de emprego e também reconhecendo na prática a importância do trabalho (aumentando o salário). Não basta falar, precisa fazer.

Leia na íntegra a Carta de Bezos:

“Queridos Amazonianos,

Isso não é normal, e é um momento de grande estresse e incerteza, e também um momento no qual o trabalho que estamos fazendo é mais crítico.

Alteramos nossa logística, transporte, cadeia de suprimentos, de compras e vendedores terceirizados para priorizar o estoque e a entrega de itens essenciais, como utensílios domésticos, desinfetantes, leite em pó e suprimentos médicos.

Não sou o único a agradecer o trabalho que vocês estão fazendo. Recebi centenas de e-mails de clientes e vi postagens nas redes sociais agradecendo a todos. Seus esforços estão sendo notados nos mais altos escalões do governo, e o presidente Trump nesta semana agradeceu profundamente a essa equipe.

Em todo o mundo, as pessoas estão sentindo os efeitos econômicos dessa crise, e também estou triste em dizer que prevejo que as coisas vão piorar antes de melhorarem. Estamos contratando para 100 mil novas vagas e aumentando os salários de nossos funcionários que coletam pedidos e os entregam aos clientes durante esse período de estresse e turbulência. Ao mesmo tempo, outras empresas, como restaurantes e bares, estão sendo forçados a fechar as portas. Esperamos que as pessoas que foram demitidas venham trabalhar conosco até que possam voltar aos empregos que tinham.

Grande parte do trabalho essencial que realizamos não pode ser realizado de casa. Implementamos uma série de medidas preventivas de saúde para funcionários e prestadores de serviços em nossas instalações em todo o mundo – desde o aumento da frequência e intensidade da limpeza até o ajuste de nossas práticas nos centros de atendimento para garantir as diretrizes recomendadas de distanciamento social. Estamos nos reunindo todos os dias, trabalhando para identificar maneiras adicionais de melhorar essas medidas.

Fizemos pedidos de compra de milhares de máscaras faciais para dar a nossos funcionários e contratados que não podem trabalhar de casa, mas poucos desses pedidos foram atendidos. As máscaras permanecem escassas em todo o mundo e, neste momento, estão sendo direcionadas pelos governos para as instalações de maior necessidade, como hospitais e clínicas. É fácil entender por que os incríveis prestadores de serviços médicos que atendem às nossas comunidades precisam ser os primeiros da fila. Quando chegar a nossa vez de receber as máscaras, nossa primeira prioridade será entregá-las aos funcionários e parceiros, que estão trabalhando para levar produtos essenciais às pessoas.

Agora, o meu tempo está totalmente focado na Covid-19 e na melhor forma da Amazon desempenhar seu papel. Quero que vocês saibam que a Amazon continuará fazendo sua parte e não deixaremos de procurar novas oportunidades para ajudar.

Não há manual de instruções sobre como se sentir em um momento como esse, e eu sei que isso causa estresse para todos. Minha lista de preocupações agora – como a de vocês, tenho certeza – é longa: desde meus próprios filhos, pais, família, amigos, até a segurança de vocês, meus colegas, daqueles que já estão muito doentes e até aos verdadeiro danos que serão causados ​​pelas consequências econômicas em nossas comunidades.

Por favor, cuidem de si mesmos e de seus entes queridos. Eu sei que vamos superar isso juntos.

Jeff.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *